Menu










As Princesas de tranças
14Jun2011 12:27:45
Publicado por: (......)

 Ola amigos, Essa é mais uma história e conto de representação teatral para as crianças de 3 a 6 anos.

Conto & Cena, Gisele Santana.


Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (1042)

Convite: Palavras e Silêncios
12Jun2011 12:31:08
Publicado por: (......)

 Amigos e  Atores, repasso o Convite do Ciclo de Leituras Palavras e Silêncios.

 

CICLO DE LEITURAS PALAVRAS E SILÊNCIOS
Terças-feiras, 20h, entrada franca

Niño de Artes Luiz Mendonça
Pça João Pessoa, 2/B (esquina Mem de Sá com Gomes Freire / LAPA - Rio de Janeiro-RJ)

Nesta Terça, dia 14 de junho
O FIM DO MATRIARCADO

de Clovis Levi
Direção AnaLu Palma
Elenco: Marcia Lima, Larissa Costa, Ana maria Peredo, Ana Maria Portella, Bernardete Araujo, Ana Ballantyne, Jafet Vieira, Laura Lo Surdo, Angela Adnat, Monica Neves e Shirlley Pan.

SINOPSE:
Um povoado próspero é comandado por uma Rainha Formiga depravada, entretanto, as Formigas súbitas não estão nada satisfeitas com a exploração de sua mão de obra e a falta de sexo, já que os machos são destinados única e exclusivamente à Formiga Rainha.

SOBRE O AUTOR
Clóvis Levi é dramaturgo, teórico, crítico e diretor teatral, atualmente vive e trabalha em Portugal como professor de Artes Dramática.
 
SOBRE A DIRETORA
AnaLu Palma, mestre em teatro pela UNIRIO, atualmente ministra OFICINA DE ARTE INCLUSIVA na CAIXA CULTURAL, Almirante Barroso, além de Oficinas de Leitura Dramatizada no "Curso de Teatro Zaira Zambelli" e na "Academia da Voz" de Jane Celeste. 

Marcia Valeria 



Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (859)

SOS para os Bombeiros--Lenda do Fogo dos Índios Xavantes
05Jun2011 12:07:44
Publicado por: (......)

 Fogo dos Xavantes 

A onça originalmente tinha o fogo.

Um dia o neto e o cunhado foram procurar filhote de arara.

O neto subiu numa escada e jogou uma pedra no cunhado.

O cunhado ficou bravo e deixou o neto lá em cima, no penhasco.

A onça chegou e fez o garoto descer e levou ele para sua toca.

Na toca a onça assou carne de queixada para o neto e o neto viu o fogo pela primeira vez.

Depois, o neto foi embora da toca da onça levando um pouco de carvão, como prova do fogo.

Na comunidade, contou que a onça era a dona do fogo.

A comunidade toda combinou de roubar o fogo da onça.

Assim, vários Xavantes se transformaram em animais para poder roubar o fogo. A primeira que roubou da onça foi a anta, que passou para o cervo, que passou para o veado campeiro, que passou para o veado mateiro que passou para a seriema, que passou para a capivara.

A capivara deu um pulo na água, mas antes, um passarinho passou e pegou o fogo levando este para a aldeia.

Tendo fogo e mais caça para comer, começou a se desenvolver o povo Xavante nascendo mais crianças e ficando mais fortes. 

 

Dia do Meio Ambiente e de reflexão,

Nunca devemos passar um problema para o outro ou colocá-lo debaixo do tapete. Não deixar para o futuro a solução.

Resolução já!

Melhores salários para quem nos defende do fogo!!

Vamos refletir sobre o caso dos Bombeiros e apoiá-los!

O Bombeiro salva vidas!



Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (853)


8 a 10 de 10 Primeiro | Anterior | Seguinte | Último |