Menu










O Menino dono da Bola (Recordar??)
27Jan2011 17:12:59
Publicado por: (......)

Gente, quem lembra dessa peça apresentada no Fute Arte no Alzirão?

Ouçam o Felipe cantando e tocando.  Ele é o Autor da peça e o Músico  "O Menino Dono da Bola" que o Grupo Conto & Cena", apresentou no Alzirão com o amigo Hamilton Catete. 

Postou a música do "Arranca Toco Futebol Clube".

http://www.youtube.com/watch?v=MAMr_-JOnvU



Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (1192)

A Borboleta Amarela
25Jan2011 11:41:14
Publicado por: Diana Balis

A Borboleta Amarela

Música de Gisele Santana do Poema Borboleta Amarela, interpretado por Maira Cadaxa e Gisele, com arranjo do Músico Heitor Brandão. Gravação Independente Estúdio Villa Musical no Grajaú. 2010.

Preciso comentar que fiz esse poema depois que fiquei presa na chuva forte na Lapa no ano passado.Sem ver a saída e com fome, tive que esperar até uma hora da manhã para poder ir para casa.

O desespero das vítimas de Nova Friburgo nesse ano de 2011, onde temos familiares e a tristeza desses últimos acontecimentos, fizeram eu postar essa música, numa singela homenagem. 

Meu pesar e minha solidariedade aos desabrigados.

Ouça no local aonde está escrito Boa música aqui: do lado esquerdo do blog.

Borboleta Amarela. Comente!!



Ler mais | Comentários (2) | Visualizações (6078)

Fábula do Porco Espinho
19Jan2011 15:50:24
Publicado por: Diana Balis
Gente,
Hoje vou recontar essa história que escutei do alto da montanha de pedras, em São Thomé das Letras em Minas Gerais. 
Escondendo da chuva, dentro de uma casa de pedras, sem portas nem janelas, um pai muito amoroso, abraçou sua família e a protegeu. 
Abraçou todos unindo e acolhendo do vento e da chuva.
E para distraí-los das trovoadas, ele nos contou essa linda história.
 
Fábula do Porco Espinho
 
Durante a era glacial, muitos animais
morriam por causa do frio.
Os porcos-espinhos, percebendo a situação,
resolveram se juntar em grupos, assim se agasalhavam
e se protegiam mutuamente; mas, os espinhos de cada
um feriam os companheiros mais próximos,
justamente os que ofereciam maior calor.
Por isso decidiram afastar-se uns dos outros
e voltaram a morrerem congelados.

Então precisavam fazer uma escolha:
ou desapareceriam da Terra ou aceitavam
os espinhos dos companheiros.
Com sabedoria, decidiram voltar a ficar juntos.
Aprenderam assim a conviver
com as pequenas feridas que a relação
com uma pessoa muito próxima podia causar,
já que o mais importante era o calor do outro.
E assim sobreviveram!

Moral da História?
O melhor relacionamento não é aquele que une pessoas perfeitas, mas aquele onde cada um aceita os defeitos do outro e consegue pedir perdão pelos próprios defeitos.
Autor desconhecido.



Ler mais | Comentários (0) | Visualizações (3258)


1 a 3 de 3 Primeiro | Anterior | Seguinte | Último |