Menu










Dia das Crianças, Conto um conto e Ponto.
09Out2010 12:01:44
Publicado por:

 

 

 

Amigos Dia 12 de outubro é Dia das Crianças
Comemoramos com festas, muita alegria e com um Conto.
Apresento o texto da nossa próxima apresentação teatral. 
 
As princesas e o Gigante  
Autora: Gisele Santana
 
Existia num vilarejo um gigante muito grande.
Ele morava num Castelo e vivia ali muito solitário.
Sempre que via as Princesas brincando na vizinhança, ele queria se aproximar.
Mas as assustava e todas elas gritando saiam correndo. Fechavam suas portas para ele.
Então num dia ele muito triste, fez amizade com um lindo Coelhinho que nem tinha medo e saiu em busca das resoluções aos seus problemas.
Andaram por caminhos com pedras, atravessaram o riacho, o vale, subiram, desceram, passaram por uma ponte e encontraram um Cavaleiro que os levou até a Princesa Amazonas.
Encontrada a Princesa Amazonas em seu Cavalo, o Gigante pediu auxílio a ela, que muito sabida escutou a estória com atenção. E enviou o Gigante ao Reino dos Drs. daTransilvânia, os Drs. Davi e Artur.
Esses Doutores receberam o Gigante fora de sua casa mágica porque afinal de contas, esse Gigante era bem alto e nem passava pela porta.
Procuraram então na vizinhança do Gigante, onde ele morava,  pedaços ou coisas de Princesas a serem doados como:
Pedaços de vestido de Princesa, Pedaço de cabelo, pedaço de fruta, enfeite de cabelo, tudo recolhido com muito cuidado para o preparo da bebida especial de mudança no corpo do gigante.
Porém não contavam com o exagero do preparo, talvez pelo medo que elas as Princesas, tinham do Gigante, ele diminuiu tanto de tamanho, que todos tiveram que sair de novo em busca da montanha mais alta e do vale mais frio, para acharem à flor azul, pois só esta devolveria ao Gigante Anão, um tamanho melhor.
Porém, depois do caminho percorrido e a receita pronta, o Gigante ficou tão alto, tão alto, que parecia encostar no Céu Azul Celeste.
E ele de novo ficou triste e chorão e soluçava sem parar.
Os Drs. não gostavam de choro de Gigante e foram atrás da Princesa Amazonas que junto com o Cavaleiro e todas as Princesas do Vilarejo, saíram em busca da fruta fresca mais saborosa. 
A fruta serviria para misturar na poção mágica de transformação de tamanho, que os Drs. iriam preparar no caldeirão da Fada Madrinha, que já nessa altura dos acontecimentos, embalava o Gigante para que esse parasse de chorar.
Sendo assim, o Gigante bebeu no copo feito de caule de Sumaúma, a árvore gigante da floresta, e depois de um suave mal estar, voltou a ter um tamanho diferente. E diminuiu de tamanho, ficando igual a todas as Princesas do Vilarejo.
E feliz saiu em busca do seu Vilarejo. Comprou no caminho um saco de frutinhas da natureza, para distribuir as novas amizades.
Voltando ao Vilarejo, ele bateu em suas portas. Toc toc e as Princesas nem acreditaram no que viram.
Elas imediatamente abriram suas janelas e portas das casas sem medo e saíram todos juntos ao jardim. 
Comemoraram numa linda brincadeira de roda a mudança do Gigante.
Mas depois de algum tempo, o Gigante voltou a crescer.
Mas o seu tamanho de Gigante não assustava mais as Princesas que já estavam muito amigas dele.
Porque o que vocês não sabem ainda, é que o Gigante era uma Criança Grande.
FIM
Conto um conto e Ponto.
 
Beijos
 
Transilvânia (em romeno Transilvania ou Ardeal, em húngaro Erdély, em alemão Siebenbürgen) é uma região histórica da Europa Central que constitui a zona centro-ocidental da Roménia. A sua capital é a cidade de Cluj-Napoca. A região é mundialmente conhecida graças a Vlad bepe_, o Drácula, nascido na localidade de Sighi_oara e príncipe (voivoda) da Valáquia durante a Idade Média. Consequentemente, a região é a "Meca dos vampiros".)


Partilhar:


Para poder comentar necessita de iniciar sessào.